PROTOUR 2018 - 2™ ETAPA CLUB NIGHT GOLF - TERRAS DO GOLFE



Evento inovador, no Terras do Golfe, teve ainda torneio amador e o 1º Pro-Am noturno do Brasil

GolfNight todos 1000

Participantes do Night Golf durante a festa de premiação. Fotos: Ricardo Fonseca/F2 Comunicação

Felipe Navarro fez seis birdies na volta final, para jogar quatro abaixo do par e vencer de virada a competição profissional do Pro Tour e Amador 2018 – Club Night Golf, na Associação Terras do Golfe, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, disputada sexta-feira e sábado, 4 e 5 de maio. O evento inovador, que começou na quinta-feira, 3, com a volta de treinos e happy hour de boas-vindas, foi animado por duas grandes festas das bandas V-8 e Four Sounds e teve ainda um disputado torneio amador e o primeiro Pro-Am noturno do Brasil, além de uma inédita competição noturna de Longest Drive, com o uso do TrackMan 4 da Academia GolfRange Campinas.

A presença de 18 dos melhores profissionais de golfe em atividade no Brasil fez toda a diferença para o sucesso do evento, que mesclou golfe de alta qualidade, com muita festa e diversão. Houve música ao vivo nos dois dias de jogo, além de Open Bar de cervejas Stella Artois, hambúrgueres gourmet do EXP Burger, na sexta, e mesa de frios, comidinhas e massas, no sábado, quando entre os muitos brindes foram sorteados quatro noites, com dois dias de golfe, no Palácio Estoril, em Portugal, com café da manhã, para duas pessoas, oferecimento da Golf Travel; e três noites no Wish Golf Resort Foz do Iguaçu, para duas pessoas com café da manhã, oferecimento da Condor Turismo.

Campeao Felipe Navarro recebe cheque 650

   Navarro recebe cheque de campeão da Sicredi

Profissionais – No primeiro dia do torneio profissional, Odair Lima, de Maringá, e Ronaldo Francisco, do Quinta do Golfe, de São José do Rio Preto, saíram na frente ao jogar 70 tacadas, duas abaixo do par, seguidos por Giordano Junqueira, com 71 (-1). O cubano Iorkys Cabrera, que mora em Curitiba, vinha em terceiro com 72, o par do campo, seguido pelo argentino Francisco Ojeda, com 73, e por quatro jogadores com 74: Felipe Navarro, do São Paulo; Ronaldo Francisco; Robison Gomes, patrocinado por Brisa e Cintos Macnevin 1983; e Pablo de la Rua, do Pine Hill de Toledo.

No sábado, com o campo mais longo e difícil por causa do vento, Navarro mostrou por que é considerado um dos mais talentosos golfistas brasileiros de todos os tempos ao se recuperar de um déficit de seis tacadas e vencer de virada. Jogou duas abaixo em cada metade do campo, com três birdies em cada passagem no campo de 9 buracos, para fazer a única volta abaixo do par da rodada final e ser campeão com 142 (74-68) tacadas, duas abaixo no total.

Odair jogou duas abaixo de ida, para se manter na frente, mas fechou a rodada com três bogeys na metade final, para ficar em segundo, com 143 (70-73), uma abaixo. Ronaldo, o outro líder da véspera, seis quatro acima de ida com um quádruplo bogey-8, onde tentou sair de trás de uma árvore e mandou a bola fora de campo, mas se recuperou com três birdies para ainda ficar em terceiro, com 145 (70-75), empatado com Giordano (71-74), que vinha três abaixo até o buraco oito, antes de devolver cinco tacadas.

Amadores - Os amadores disputaram três categoria de handicap entre os homens e uma feminina, sempre na modalidade stableford, de soma de pontos, em 18 buracos, sendo que metade jogou no primeiro dia e metade no segundo. Entre os de índex até 14, o campeão foi Reinaldo Faustino, seguido por Paulo Miranda e Albino Coimbra.

Na 14,1 a 25, venceu Flávio Jamal, seguido pro Edson Lopes e por Cláudio Kiryla, presidente da Associação Brasileira de Golfe Sênior (ABGS) que foi prestigiar o evento e tratar de importantes parcerias com o Terras do Golfe. Na 25,1 a 36, o pódio teve Nelson Leite, Marcelo Miranda e Áureo Andrade. No feminino, venceu Paulina Essaki, de São José; Andreia Murano e Graci Zermiani.

Pro-Am e Longest Drive - O Pro-Am noturno, com grupos formados por um profissional e até quatro amadores, na modalidade scramble, foi jogado em nove buracos, no campo oficial, com metade dos times jogando um shot gun em cada dia, a partir das 18 horas, quando já estava escuro. Foram usadas bolas e hastes das bandeiras iluminadas, enquanto algumas tochas marcavam os limites das raias. No meio de campo, dois homens com fantasia de monstros, apareciam repentinamente e deram susto em muita gente.

A equipe campeã foi formada por Felipe Navarro, que levou seu segundo título do dia jogando ao lado dos amadores Davi Chanzarian e Eliseu Nantes. Os demais profissionais ficaram no driving range, dando clínicas de golfe para iniciantes e ainda brincaram no longest drive, onde o cubano Cabrera bateu a bola mais longa do dia, 360 jardas. O campeão do Longest Drive foi o amador Fabio Yonamine, que bateu 320 jardas.

Premiação - Alexandre Leonardi, o Alemão, que promoveu o evento junto com José Antônio Moura, o Zé Galinha, comandou a entrega de prêmios que começou com bolo de aniversário e “Parabéns a Você” para Kiryla, que completou 76 anos no dia da final. Kiryla recebeu ainda uma homenagem pelo apoio da ABGS ao evento. Todos os patrocinadores e pessoas envolvidas na organização do evento também ganharam troféus comemorativos.

O Club Night Golf teve patrocínios de Sicredi; Enzo Jaguar e Land Rover, que expôs carros de luxo no clube; Supermercados Comper; Stella Artois; Águas Guariroba; EXP Burger; Grama Pontal; Academia GolfRange Campinas, Associação Brasileira de Golfe Sênior, Grupo WTW; Arm3 Serviços; Maison Gabrielle; Arco Seguros; Charutos Habanos Specialist; gostodisso.com; Angiocentro; Grand Cru; Perez Arquitetura; Natubom; Mult Mix; Perfatto Persianas; Golf Travel; e Condor Turismo. O Hotel oficial foi o Hotel Deville Prime. O torneio teve apoio dos jogadores do Terras do Golfe e da diretoria do clube.

 

 

 


Campe√£o Felipe Navarro recebe cheque