MTPG / CBG 2015 - 8 ETAPA



Felipe Navarro fez nove birdies e apenas um bogey, neste sábado, para somar 17 pontos pelo sistema Stableford Modificado, o melhor resultado do torneio, totalizar 28 pontos e vencer de virada a oitava etapa do Mini Tour Profissional de Golfe (MTPG), no Quinta do Golfe Clube de São José do Rio Preto. O torneio termina neste domingo com um Pro-Am e a festa de entrega de prêmios.


Navarro, que vinha de uma vitória no Rio Pro Tour, outro circuito alternativo criado pelos profissionais para se manter em forma na ausência de torneios nacionais, que não são jogados desde 2014, mostrou por que é considerado um dos mais talentosos jogadores do Brasil. Com sua atuação deste sábado, ele virou o jogo sobre Ronaldo Francisco, head-pro do Quinta do Golfe e integrante da equipe YKP/Azeite 1492 de golfe, que foi vice-campeão, com 24 pontos (ao lado, a tebela de pontos do sitema Stablford Modificado).

Ronaldo fez oito birdies, 17 de 36 buracos, mas perdeu o título ao fazer um duplo bogey e dois bogeys na primeira metade do campo, o que lhe tirou cinco pontos do total. Ainda assim, Ronaldo permanece como o número 1 do ranking deste que hoje é o circuito profissional do Brasil com mais torneios e prêmios.

Jorge Salvatierra, da Bolívia, começou e terminou o torneio em terceiro lugar, com 13 pontos, seguido por Brasil Fabio Ferreira da Silva, com 10, e por Rafael Barcellos, outro membro da equipe YKP/Azeite 1492 de golfe, que terminou em quinto lugar, empatado com Pablo De La Rua, um dos criadores do MTPG. Odair de Lima, com oito pontos, e Marcos Silva, fundador do circuito, com sete, classificaram-se a seguir.

Patrocinadores - A oitava etapa do Mini Tour Profissional de Golfe (MTPG) tem patrocínio de muitos amigos de Ronaldo Francisco e do golfe, como
Leonardo Facchini, Thiago Chaves, José Garieri, Eduardo Salguero, Sinval Neto, Ricardo Torquato e Marcelo Ferraz, além de empresas como E-GO Car, Levare, Casa dos Óculos, G5 e EADI; além de apoio da diretoria do Quinta do Golfe Clube, PGA do Brasil, Confederação Brasileira de Golfe e Federação Paranaense e Catarinense de Golfe.

O Mini Tour vêm tentando experimentar novas modalidades copiando os maiores circuitos, como o Match Play e o Skin Game anual. 

Esta etapa aconteceu por intermédio de um dos maiores nomes do Tour Brasileiro, Ronaldo Francisco, que encabeçou a idéia e reuniu seu alunos e amigos para patrocinar a Bolsa dos profissionais além de ter o aval da diretoria para utilização do bélissimo campo do Quinta do Golfe.

 

 

Confira resultado completo